Terça-feira, Setembro 20, 2022

BEHEMOTH: Nergal fala sobre a igualdade de género e rasga elogios a ALISSA WHITE-GLUZ, dos ARCH ENEMY

O músico polaco diz que a cantora canadiana "tem uns tomates maiores que a maioria dos metaleiros que conheço".

Anúncio

Durante uma participação recente no podcast Hardcore Humanism With Dr. Mike, Adam “Nergal” Darski, o líder dos polacos BEHEMOTH, falou com o psicólogo clínico Mike Friedman sobre a importância dos direitos das mulheres e da igualdade de género. “Quase ninguém na cena do metal fala sobre os direitos das mulheres“, disse o músico. “Sei que é um género chauvinista por natureza, e mesmo as mulheres talentosas e bonitas que são muito bem sucedidas, têm de aturar muita merda dos homens, ou não estão a ser tratadas de forma uma igual, o que está absolutamente errado, porque algumas dessas mulheres… Por exemplo, a Alissa, dos ARCH ENEMY, com os quais vamos fazer uma tour, tem uns tomates maiores do que a maioria dos metaleiros que conheço ou alguma vez conheci. Provavelmente, é ainda mais forte e mais corajosa que eu, que sou um homem. Os direitos das mulheres, o que acabou de acontecer nos Estados Unidos e na Polónia, com as leis do aborto e tudo o mais. Quando se tem uma mente aberta e se trata de igualdade — e não é preciso ser socialista para pensar dessa forma –, as mulheres merecem ter os seus direitos, os mesmos que os homens. No entanto, parece que ainda há um enorme desequilíbrio no meio.” Recorde-se que, em Janeiro de 2021, o músico criticou severamente a proibição quase total do aborto por parte do governo polaco, dizendo que o país — que é predominantemente cristão — estava “a regressar a um obscuro e assustador passado medieval“. Podes ouvir a entrevista completa no player em baixo.