MY DYING BRIDE

MY DYING BRIDE: Estreiam um novo single, intitulado «Thornwyck Hymn» [vídeo-clip]

O novo álbum dos MY DYING BRIDE vai ser editado em Abril. Já podes conferir o primeiro tema de avanço, a capa e o alinhamento completo em baixo.

Óptimas notícias para os fãs de death/doom gótico vindo do Yorkshire, no Reino Unido. Os lendários MY DYING BRIDE vão editar um novo registo de longa-duração, intitulado «A Mortal Binding», no próximo dia 19 de Abril através da Nuclear Blast Records. Hoje, sexta-feira, dia 9 de Fevereiro, a banda britânica divulgou «Thornwyck Hymn», o pimeiro tema de avanço para aquele que é o muito aguardado sucessor de «The Ghost Of Orion», de 2020.

Em 1990, Aaron, Andy, Calvin e Rick formaram os MY DYING BRIDE e, após apenas seis meses, os quatro músicos lançaram a sua primeira (e única) maqueta, «Towards The Sinister» hoje considerada clássica no underground extremo. Com o single «God Is Alone» a ser lançado pouco tempo depois pelo selo francês Listenable, a britânica Peaceville Records rapidamente tomou um primeiro contacto com o estilo único da banda e ofereceu-lhes um contrato, que deu origem ao EP «Symphonaire Infernus et Spera Empyrium» e ao álbum «As The Flower Withers» em 1992.

Resultado: quando lançaram o seu segundo álbum, «Turn Loose The Swans», em 1993, já eram elogiados como pioneiros do doom. Por esta altura, o resto, como se costuma dizer, é história. Desde então, apesar de inúmeras paragens e mudanças de formação, o grupo não mais parou de nos presentear com música obscura, sorumbática e épica, condimentada por uma atmosfera gótica sem grandes precedentes.

Depois de, em 2019, terem passado por um dos períodos mais conturbados da sua já longa carreira, os MY DYING BRIDE regressaram finalmente às edições. «The Ghost Of Orion», o mais recente registo de estúdio dos ícones britânicos do doom foi editado a 6 de Março de 2020. “Um novo álbum para uma nova era dos MY DYING BRIDE, com novas facetas e um estilo mais acessível em comparação com alguns de seus lançamentos altamente técnicos do passado“, podia ler-se em comunicado de imprensa quando o álbum foi anunciado.

«The Ghost Of Orion», que foi rapidamente sucedido por um EP intitulado «Macabre Cabaret», mostrou a banda a contar pela primeira vez com os talentos do baterista Jeff Singer, com o resto da formação a ficar completa com Lena Abe no baixo, Shaun MacGowan nos teclados e violino, Andrew Craighan na guitarra e Aaron Stainthorpe na voz. Em alguns temas, os MY DYING BRIDE contaram também com os talentos das convidadas Jo Quail no violoncelo e Lindy-Fay Hella, dos WARDRUNA, na voz. Podes ver a capa e o alinhamento completo de«A Mortal Binding» em baixo.

01. Her Dominion | 02. Thornwyck Hymn | 03. The 2nd Of Three Bells | 04. Unthroned Creed | 05. The Apocalyptist | 06. A Starving Heart | 07. Crushed Embers