Terça-feira, Maio 18, 2021

Etiqueta: depeche mode

WOLF X: «I Feel You» [estreia exclusiva]

David Wolf, músico e produtor lisboeta, é a negra alma que alimenta o projecto WOLF X. Para os mais desatentos, o grupo integra actualmente o catálogo da editora Cleopatra Records, de Los Angeles. Depois da estreia dos temas «Traffic» e «Zombie», o músico tem agora um novo tema para apresentar, intitulado «I Feel You», cujo vídeo-clip pode ser visto no player em cima. O também músico dos SHE PLEASURES HERSELF possui no seu disco de estreia uma mistura de referências que passa por NIN, MARILYN MANSON, SKINNY PUPPY, YOUNG GODS ...

Ler mais
Lendário estúdio dinamarquês usado pelos JUDAS PRIEST, GARY MOORE e MESHUGGAH destruído em incêndio

O lendário estúdio dinamarquês onde os britânicos JUDAS PRIEST gravaram partes do álbum «Ram It Down» foi destruído num incêndio (podes ver algumas fotografias disponibilizadas pela Pressefotos.dk em baixo). De acordo com o Foreigner.fi, o incêndio no complexo Puk Recording Studios, localizado em Gjerlev, ao norte da cidade de Randers, no oeste da Dinamarca, deflagrou na manhã da passada segunda-feira, dia 28 de Dezembro. Até ao momento, a causa do incêndio ainda não é conhecida e, felizmente, não há relatos de quaisquer pessoas feridas. Os estúdios Puk foram estabelecidos na ...

Ler mais
RAMMSTEIN: 25 anos de «Herzeleid»

Originalmente editado a 25 de Setembro de 1995 pela Motor Music, o álbum de estreia da aplaudida banda formada pelo vocalista Till Lindemann, pelos guitarristas Richard Kruspe e Paul Landers, pelo teclista Christian Lorenz, pelo baixista Oliver Riedel e pelo baterista Christoph Schneider foi lançado há exactamente um quarto de século. O disco, o primeiro registo de longa-duração de um projecto que tinha começado a dar os primeiros passos em Berlim apenas no ano anterior, foi gravado nos Polar Studios, na Suécia. Num espaço criado pelos ABBA, que se manteve em funcionamento entre ...

Ler mais
COM VIDA 20 | #07: VËLLA [Lisboa]

COMA by VËLLA Por aqui não se descansa e continuamos a procurar novos nomes com sangue e vida que os façam prestar atenção. É o caso dos VËLLA, quinteto distópico que, na sua estreia com «Coma», vão de uma «1984» muito Depeche Mode a «Despair», um verdadeiro ninho de energia e melodia, com um groove que não desencantaria uns KORN, por exemplo. Por estranho que posso pareçar, qualquer uma destas referências pode nem ter a ver com estes músicos que passaram por grupos como os LEGACY OF CYNTHIA, THANATOSCHIZO, SINMATTIC ...

Ler mais

Bem vindo de volta!

Entra na tua conta

Recupera a tua password

Por favor introduz o teu utilizador ou endereço de e-mail para reiniciar a password