Sexta-feira, Maio 6, 2022

Etiqueta: review

DREAM THEATER + DEVIN TOWNSEND @ Campo Pequeno, Lisboa | 29.04.22 [reportagem]

Noite quente para receber as lendas do metal progressivo e agora também vencedores de um Grammy, os DREAM THEATER. A acompanhar a banda norte-americana, esteve o inigualável DEVIN TOWNSEND, que entrou em palco a dizer ao público para “comer pilas,” porque “nós temos muitas pilas para oferecer”. Mais coisa, menos coisa, foi assim que o canadiano quebrou o gelo com o público que compunha bem a sala lisboeta, começando de seguida com os primeiros acordes de «Failure», um tema do disco «Transcendence», editado em 2016. Seguiram-se «Kingdom» e «My Command», ...

Ler mais
WATAIN: «The Agony & Ecstasy Of Watain» | Nuclear Blast, 2022 [review]

"Seven deadly sinsSeven ways to winSeven holy paths to HellAnd your trip beginsSeven downward slopesSeven bloodied hopesSeven are your burning firesSeven your desires"Iron Maiden - «Moonchild», 1988 Existem diversos significados para o número sete, sendo alguns deles enumerados na introdução acústica de «Moonchild», que abre o sétimo álbum dos Iron Maiden, «Seventh Son Of A Seventh Son». O número é referido 77 vezes no Velho Testamento e, tendo criado o mundo em seis dias, o criador terá descansado ao sétimo dia, tornando o algarismo representativo da perfeição e da conclusão. ...

Ler mais

Noite especial no RCA Club - e não só por ser um dos primeiros concertos num Portugal sem uso de máscara obrigatório. Especial porque era a primeira vez que os NIHILITY desciam do Porto até Lisboa, e também porque era a oportunidade de apresentarem ao público lisboeta o seu segundo álbum, o excelente «Beyond Human Concepts». E ainda mais especial porque a acompanhar vinham duas excelentes bandas, os IN VEIN e os INHUMAN ARCHITECTS que tiveram a tarefa de preparar o terreno para os cabeças-de-cartaz. A noite começou oficialmente com ...

Ler mais
IGNITE: «Ignite» | Century Media, 2022 [review]

O que será pior que ter algo como a COVID-19 a fustigar os planos de uma banda -- seja de digressões relativas trabalhos já lançados, seja de lançar um álbum que estava pronto para ser apresentado em público? Talvez perder o frontman para ajudar?. Foi o que aconteceu aos IGNITE, que em 2019 ficaram sem Zoltán Téglás, o marcante vocalista que já ocupava a posição há 25 anos. Seria o suficiente para qualquer banda ponderar muito bem o próximo passo. E assim foi, decididos a elevar a fasquia em todos ...

Ler mais
EMMA RUTH RUNDLE: «Orpheus Looking Back» EP | Sargent House, 2022 [review]

«Engine Of Hell», editado em 2021, foi, desde os primeiros acordes dados a conhecer, assumido como um disco fracturante em termos de receptividade, um ponto de viragem na carreira da norte-americana Emma Ruth Rundle. Marcou igualmente uma afirmação de identidade, um manifesto de coragem e de necessidade de sair da zona de conforto de uma carreira em plena ascensão, com «On Dark Horses», editado em 2018, disco que a colocaria num invejável e merecido patamar de reconhecimento transversal a vários públicos e géneros. Nesse cenário, estamos em crer que Emma ...

Ler mais
ABSENT IN BODY: «Plague God» | Relapse Records, 2022 [review]

Apesar de «Plague God» ir ser, para a vasta maioria, o primeiro contacto que vão ter com este novo projecto cheio de gente conhecida, convém remontar a 2017, ano em que a editora belga Hypertension Records concluiu uma série limitada e luxuosa de álbuns colaborativos chamada «The Abyss Stares Back» com o quinto volume (os volumes anteriores tinham reunido os Amenra e os Vvovnds, os Hessian e os Primitive Man, os Drums Are For Parades e os Sardonis, e os Alkerdeel e os Nihill, respectivamente, para se ter noção do ...

Ler mais
ABBATH: «Dread Rever» | Season Of Mist, 2022 [review]

O homem está de volta. E por homem, fala-se de Olve Eikemo, mais conhecido como ABBATH. Claro que ABBATH é uma banda, mas será para sempre o homem que lhe deu o nome que está no centro das atenções, principalmente após ter tido um meltdown durante a digressão argentina que fez com que muitos tivessem dúvidas em relação a se alguma vez regressaria aos dias de glória dos tempos de IMMORTAL (cujos restantes membros basicamente sozinhos também  acabaram com o resto numa disputa pelos direitos pelo nome).  E referimo-nos aos ...

Ler mais
BURNING WITCHES + NERVOSA + WARFECT + SYSTEMHOUSE 33 @ RCA Club, Lisboa | 12.02.2022 [reportagem]

Esta digressão era uma das mais aguardadas dos últimos tempos (e com isto incluo a sua encarnação anterior onde seriam os WARBRINGER a co-encabeçar a digressão com as NERVOSA em vez das BURNING WITCHES) e tal como temos vindo a dizer nas mais recentes reportagens, o regresso aos concertos era tão ansiado que chegou a ser quase surreal os momentos de comunhão e devoção ao som sagrado (em várias das suas vertentes) num RCA Club praticamente à pinha - mais uma vez abusando da repetição: "que saudades de dizer e ...

Ler mais
GHOST: Estreiam single, anunciam novo álbum, «IMPERA» [vídeo-clip]

Podemos pular a discussão do é/não é metal? Para além da inutilidade habitual desse tipo de conversa, neste caso até pecaria por redundante, porque o percurso dos Ghost não é assim tão inédito como isso. Andamos sempre naquela discussão eterna do já-não-há-bandas-grandes, do quem-é-que-vão-ser-os-próximos-Iron Maiden/Judas Priest/Metallica/Black Sabbath/Kiss/whatever, mas a verdade é que sim, mesmo numa época diferente, há vários candidatos, alguns já com um nível actual semelhante até. E também não é menos verdade que, quando aparece uma com esse potencial (e que o concretiza, como é o caso), ninguém ...

Ler mais
HANGMAN’S CHAIR: «A Loner» | Nuclear Blast, 2022 [review]

Apesar de uma discografia já respeitável e merecedora de atenção pela forma como têm cruzado o peso do doom contemporâneo com influências vindas de latitudes um bocadinho mais inesperadas como o são às aproximações à new wave dos 80s, a evolução dos parisienses Hangman's Chair tem passado relativamente desapercebida. «A Loner» inaugura uma nova e importante etapa do quarteto liderado por Cédric Toufouti, sendo claramente o disco onde essa vertente mais etérea melhor se faz sentir, roubando algum protagonismo à aspereza próxima do sludge que em tempos até foi determinante ...

Ler mais
Pág. 1 de 3 1 2 3

Bem vindo de volta!

Entra na tua conta

Criar Nova Conta

Preenche os formulários para registar

*Ao se registrar em nosso site, você concorda com os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Recupera a tua password

Por favor introduz o teu utilizador ou endereço de e-mail para reiniciar a password